‘Legião nunca foi tão atual’, diz ator de musical sobre Renato Russo no DF

Dez anos após a primeira montagem do espetáculo “Renato Russo – O musical” – e 20 anos após a morte do cantor, em 1996 –, o ator Bruce Gomlevsky traz a peça de volta a Brasília neste sábado, em apresentação única. Ao G1, o artista disse que o texto não sofreu alterações nesse período e que, para ele, o repertório da Legião Urbana “nunca foi tão atual”.

[O texto do musical] É relevante, e é cada vez mais atual porque o país não muda. É sempre um novo escândalo, uma nova questão. O Renato escreveu ‘Que país é esse?’ em 1978. É muito atual, não só pela questão política, mas questão da sexualidade. Ele era contra qualquer tipo de discriminação religiosa, sexual, de cor”
Bruce Gomlevsky, ator

“[O texto do musical] É relevante, e é cada vez mais atual porque o país não muda. É sempre um novo escândalo, uma nova questão. O Renato escreveu ‘Que país é esse?’ em 1978. É muito atual, não só pela questão política, mas questão da sexualidade. Ele era contra qualquer tipo de discriminação religiosa, sexual, de cor”, diz Gomlevsky.

O monólogo musical estreou no Rio em 2006 e foi assistido por mais de 200 mil espectadores em 40 cidades, até 2011, em temporadas fixas e turnês. No ano de estreia, “Renato Russo – o musical” rendeu a Mauro Mendonça Filho o prêmio Shell de melhor direção.

Na época, Gomlevsky passou um mês em Brasília e teve a oportunidade de visitar locais citados nas letras de Renato Russo – a UnB e o Lago Norte da música “Dezesseis” e o Parque da Cidade de “Eduardo e Mônica”, por exemplo.

“Sempre fui muito recebido em Brasília e pra gente, fazer a peça aqui tem um sabor especial. Afinal de contas, o Renato cresceu aqui, formou o Aborto Elétrico aqui, a Legião Urbana, tudo começou aqui. As pessoas cantam todas as músicas, participam, conhecem a vida dele”, diz.

Homenagens

A relação do ator com o DF começou antes do espetáculo. Em 1999, Gomlevsky ganhou o prêmio de melhor ator de curta-metragem em 35mm do Festival de Cinema de Brasília, pelo curta “Cão-guia”. Dessa vez, mesmo sem patrocínio ou verba de governo, o protagonista do musical e a produtora Bianca de Felippes decidiram retomar a peça e voltar a Brasília “por conta própria”.

“Gosto de elenco com muita gente, mas às vezes o monólogo é uma opção para não ser refém de patrocínio, de edital. Estamos voltando sem patrocínio nenhum. Tentamos captar esse ano, é um ano de eleição, de Olimpíada, mas pensamos em colocar essa aventura em cartaz. Estamos acreditando na força do público, na venda dos ingressos”, afirma o ator.

O texto de Daniela Pereira de Carvalho inclui 22 canções do Aborto Elétrico e da Legião, cantadas por Gomlevsky e tocadas ao vivo no palco pela banda Arte Profana – a mesma da temporada original.

O roteiro começa na juventude punk de Renato Russo, nas ruas de Brasília, e vai até o sucesso nacional da Legião. Entre as cenas retratadas, está a confusão protagonizada pela banda em um show de 1988 no estádio Mané Garrincha – ao lado do centro de convenções que recebe o espetáculo neste sábado.

Vinte anos sem Renato

Em outubro, no mês em que a morte de Renato Russo completou 20 anos, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá voltaram a Brasília para um show da turnê “XXX” da Legião Urbana, em homenagem ao parceiro de música. O espetáculo celebrou os 30 anos do primeiro LP da banda.

Renato Russo em show da Legião Urbana em 1994 (Foto: Milton Michida/Agência Estado)Renato Russo em show da Legião Urbana em 1994 (Foto: Milton Michida/Agência Estado)

“Estamos festejando a história de nossas vidas. É interessante como essas elipses do tempo acontecem, a gente tem esse reencontro, a história toda. É tudo muito intenso. Estaremos ali homenageando o Renato, o Renato Rocha também, com um grande público, na cidade que é um certo emblema em as nossas vidas”, afirmou Dado ao G1, dias antes do show.

Em 2013, o Estádio Nacional Mané Garrincha recebeu um evento de homenagem ao cantor. O show “Renato Russo Sinfônico” reuniu artistas da MPB e a Orquestra Sinfônica de Brasília para cantar sucessos da Legião. A surpresa ficou por conta de uma “participação especial” de Renato, em holograma.

Renato Russo – o musical

Data: sábado (26), às 21h

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental)

Classificação indicativa: não recomendado para menores de 12 anos

Informações: 3554-4005

Deixe uma resposta