Escritora ajuda crianças a escrever versão não sexista do conto ‘Cinderela’

Desenho não sexista do conto de fadas 'Cinderela' feito a partir de proposta da escritora britânica Jeanett Winterson (Foto: BBC)Na versão dos estudantes, Cinderela continua sendo odiada pela família, mas ganha seu próprio dinheiro a partir de tarefas domésticas (Foto: BBC)

E se a igualdade de gênero fosse aplicada ao famoso conto de fadas “Cinderela”?

Essa foi a proposta da escritora britânica Jeanette Winterson.

Ela convidou alunos de uma escola primária na Inglaterra a reescrever a história com um viés não sexista.

Clique aqui para assitir ao vídeo.

Na versão dos estudantes, Cinderela continua sendo odiada pela família, mas ganha seu próprio dinheiro a partir de tarefas domésticas.

Um dia, um convite para um baile no castelo chega à casa dela.

Sem fada madrinha, Cinderela compra então um terno e um par de tênis para usar no evento.

Mas esquece um pé ao fim do baile.

O príncipe a procura e descobre que Cinderela é dona do tênis perdido.

Mas, diferentemente da história original, eles não se casam – os dois se tornam amigos e vão explorar o mundo juntos.

O vídeo faz parte da série 100 Mulheres, na qual a BBC anualmente celebra mulheres influentes e inspiradoras de todo o mundo.

A escritora britânica Jeanette Winterson convidou alunos de escola primária para reescrever o conto de fadas 'Cinderela' mas com viés não sexista (Foto: BBC)A escritora britânica Jeanette Winterson convidou alunos de escola primária para reescrever o conto de fadas ‘Cinderela’ mas com viés não sexista (Foto: BBC)
A escritora britânica Jeanette Winterson convidou alunos de escola primária para reescrever o conto de fadas 'Cinderela' mas com viés não sexista (Foto: BBC)Vídeo faz parte da série 100 Mulheres, na qual a BBC anualmente celebra mulheres influentes e inspiradoras de todo o mundo (Foto: BBC)

 

Deixe uma resposta