CCBB do DF recebe ‘Mostra do Cinema Nórdico’ até 5 de dezembro

Alicia Vikander e Mads Mikkelsen protagonizam 'O amante da rainha' (Foto: Divulgação)Alicia Vikander e Mads Mikkelsen protagonizam “O amante da rainha”, atração da “Mostra de Cinema Nórdico”, que acotnece até 5 de novembro no CCBB de Brasília (Foto: Reprodução)

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília recebe até 5 de novembro a “Mostra de Cinema Nórdico” em duas sessões nos dias úteis, às 18h30 e 20h30, e em três nos fins de semana (também às 16h30). A entrada é franca, mas é preciso retirar senha na bilheteria do CCBB.

saiba mais

Ao todo, são 14 filmes, entre documentários e ficções, dramas e comédias da Dinamarca, Noruega, Suécia e Finlândia. São produções desde 2011, com exceção para “Hensinque, para sempre”, do diretor Peter Von Bach, que foi rodado em 2008.

A realização é uma parceria entre o CCBB de Brasília e as embaixadas da Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia.

Entre os títulos em exibição no festival estão “O porto”, do finlandês Aki Kaurismaki – indicado à Palma de Ouro –, “Noroeste”, do dinamarquês Michael Noer – vencedor de festivais como Taipei e de prêmios como o Fipresci de Gotemburgo –, “Não chore por mim”, dos suecos Måns Mårlind e Björn Stein, e “Parentes são eternos”, do norueguês Frode Fimland.

A abertura aconteceu nesta terça, com a exibição do documentário “Corações valentes”, de Karri Anne Moe, outra produção da Noruega. A sessão foi fechada para convidados. O longa pode ser visto pelo público em geral no dia 2 de dezembro, às 20h30.

Cena do filme "I'm Yours", atração desta sexta-feira (29) no Festival Internacional de Cinema de Brasília (Foto: Biff/Divulgação)Cena do filme “Eu sou sua”, atração da “Mostra de Cinema Nórdico”, no CCBB do DF (Foto: Biff/Divulgação)

Na primeira noite aberta para todos as atrações são o sueco “O hotel”, de Lisa Langseth, às 18h30, e o dinamarquês “O guardião das causas perdidas”, às 20h30.

Os países nórdicos já deram ao mundo importantes nomes do cinema mundial, como Ingmar Bergman, Lars Von Trier, Thomas Vinterberg, Susanne Bier e Aki Kaurismaki. A região também é fundadora do movimento “Dogma 95”, importante na mudança da forma de fazer e ver cinema no fim do século XX.

Programação

Quarta (23)

18h30 – O hotel – 14 anos

20h30 – O guardião das causas perdidas – 16 anos

Quinta (24)

18h30 – O centenário que saiu pela janela e desapareceu – 12 anos

20h30 – O porto – Livre

Sexta (25)

18h30 – Histórias de Estocolmo – 12 anos

20h30 – A hora do lince – 16 anos

Sábado (26)

16h30 – Helsinque, para sempre – Livre

18h30 – Noroeste – 16 anos

20h30 – Mergulho profundo – 14 anos

Domingo (27)

16h30 – O Hotel – 14 anos

18h30 – Parentes são eternos – 14 anos

20h30 – O Amante da Rainha – 14 anos

Segunda (28)

18h30 – Não chore por mim – 14 anos

20h30 – Eu sou sua – 14 anos

Quarta (30)

18h30 – Helsinque, para sempre – Livre

20h30 – O guardião das causas perdidas – 16 anos

Quinta (1º)

18h30 – Mergulho profundo – 14 anos

20h30 – A hora do lince – 16 anos

Sexta, (2)

18h30 – Parentes são eternos – 14 anos

20h30 – Corações valentes – 14 anos

Sábado (3)

16h30 – Não chore por mim – 14 anos

18h30 – O porto – Livre

20h30 – O centenário que saiu pela janela e desapareceu – 12 anos

Domingo (4)

16h30 – Histórias de Estocolmo – 12 anos

18h30 – Eu sou sua – 14 anos

20h30 – O amante da rainha – 14 anos

Segunda (5)

18h30 – O hotel – 14 anos

20h30 – Noroeste – 16 anos

Deixe uma resposta