‘Tintim’: desenho original é leiloado por preço recorde de R$ 5,5 milhões

Prancha original de álbum "On a marché sur la lune" ("Explorando a Lua"), da série de história em quadrinhos "As aventuras de Tintim", criada pelo belga Hergé, vendida neste sábado (19) por R$ 5,5 milhões em um leilão em Paris (Foto: Divulgação/Artcurial)Prancha original de álbum “On a marché sur la lune” (“Explorando a Lua”), da série de história em quadrinhos “As aventuras de Tintim”, criada pelo belga Hergé, vendida neste sábado (19) por R$ 5,5 milhões em um leilão em Paris (Foto: Divulgação/Artcurial)

Uma prancha original do álbum “On a marché sur la lune” (“Explorando a Lua”), da série de história em quadrinhos “As aventuras de Tintim”, criada pelo belga Hergé, foi vendida por um preço recorde de 1,55 milhão de euros (cerca de R$ 5,5 milhões) em um leilão organizado neste sábado (19)  em Paris, anunciou a casa Artcurial.

A prancha de 50 cm x 35 cm, desenhada em nanquim e guache branco, representa Tintim, seu cachorro Milu e o capitão Haddock, vestindo trajes de astronauta e descobrindo a microgravidade.

A peça, que resume o título do volume, superou as expectativas, já que o valor estimado previamente era de entre 700 mil euros e 900 mil euros (entre R$ 2,5 milhões e R$ 3,2 milhões).

Ela foi publicada originalmente em 1º de abril de 1953 e saiu em um álbum no ano seguinte.

“Esta é uma das pranchas mais importantes do pós-guerra, que faz parte – junto de ‘Tintim no Tibete’ e de ‘As jóias de Castafiore’ – de um álbum mítico para muitos colecionadores e fãs de histórias em quadrinhos”, disse antes da venda Eric Leroy, especialista do departamento de comics da Artcurial.

A casa de leilões também vendeu 20 cartões de Natal de Hergé por 1,2 milhão de euros (R$ 4,3 milhões). Esses cartões, feitos em nanquim e aquarela no início dos anos 1940, são considerados o primeiro produto derivado do universo de Tintim.

Neles, pode-se ver Tintim e Milu esquiando ou decorando uma árvore de Natal, enquanto os agentes Dupond e Dupont tentam patinar no gelo.

Um dos cartões, o único colorido, que mostra Tintim, Milu, Haddock, Dupond e Dupont em um trenó vermelho, foi vendido por 146,7 mil euros (R$ 525,4 mil), muito acima do preço estimado, de entre 60 mil euros e 120 mil euros (R$ 214,9 mil e R$ 429,7 mil).

Outra prancha original de “Explorando a Lua”, na qual não aparece Tintim nem nenhum dos outros personagens de Hergé, mas modelos de veículos, será leiloada nesta terça-feira (22) pela casa Christie’s de Paris.

O valor da peça, que tem 37 cm x 51 cm, também em nanquim e guache, está estimado em entre 350 mil euros e 400 mil euros (entre R$ 1,25 milhão e R$ 1,43 milhão).

Deixe uma resposta