Leonard Cohen morreu após queda durante o sono, diz empresário

Músico Leonard Cohen se apresenta nesta terça (18) no Madison Square Garden, em Nova York (Foto: Mike Lawrie/Getty Images/AFP)Músico Leonard Cohen se apresenta no Madison Square Garden, em Nova York (Foto: Mike Lawrie/Getty Images/AFP)

O músico e poeta canadense Leonard Cohen morreu durante o sono após uma queda no meio da noite do dia 7 de novembro, revelou seu empresário, Robert B. Kory, ao “The New York Times”. As circunstâncias da morte do artista, que tinha 82 anos, eram até agora desconhecidas.

 

LEONARD COHEN
Músico morreu aos 82 anos

Em um comunicado enviado à publicação, Kory acrescentou que o cantor se foi de forma “repentina, inesperada e pacífica”.

A morte de Cohen foi anunciada na última quinta-feira (10) pela gravadora Sony Music do Canadá. Seu corpo foi sepultado antes da informação ser divulgada, no mesmo dia, em uma cerimônia privada em Montreal, no Canadá.

Após o anúncio, a família do músico não divulgou qualquer informação sobre a causa da morte, e pediu privacidade em um comunicado publicado nas redes sociais.

Embora o quadro de Cohen fosse desconhecido, sabia-se que sua saúde estava debilitada nos últimos anos. Mesmo assim, ele continou produzindo e lançou “You want it darker”, último álbum da carreira, em 21 de outubro, um mês depois de seu aniversário.

Cohen era considerado um dos artistas mais influentes da cena folk americana, ao lado de nomes como Bob Dylan e Joni Mitchell. Ele lançou livros e, na música, é lembrado pela voz grave e composições melancólicas e elaboradas, que misturam reflexões românticas com temas espirituais e existenciais.

Deixe uma resposta