Google vai sugerir música para malhar quando usuário entrar na academia

Google Play Música, serviço de streaming da empresa norte-americana de internet. (Foto: Divulgação/Google)Google Play Música, serviço de streaming da empresa norte-americana de internet. (Foto: Divulgação/Google)

O Google vai tornar seu serviço de streaming de música, o Google Play Música, mais inteligente a partir desta segunda-feira (14), para sugerir músicas de acordo com a localidade em que as pessoas estão, seja academia, trabalho ou casa de campo, e conforme o clima ou a hora do dia.

 

A VEZ DO STREAMING
G1 mostra revolução da música online

A ferramenta passará a recomendar listas de canções baseadas no gosto pessoal do usuário e nas músicas temáticas que ele mais escolhe (“para malhar”, “para trabalhar” etc. Alguns dos serviços rivais como Spotify, Apple Música e Deezer já fazem isso.

Só que o Play Música vai passar a detectar em que ambiente a pessoa está para construir playlists temáticas, tais como músicas para concentração caso o local for uma biblioteca. O horário e clima também serão levados em conta. Assim, será possível receber listas de canções para curtir o pôr do Sol ou uma chuvinha.

A combinação de dois processos estão por trás da novidade. Por um lado, os hábitos e preferências do usuário são captados pelo que é chamado de “aprendizado de máquina” (machine learning), uma tecnologia em que um sistema computacional tenta aprender como é o comportamento de alguém para antecipar algumas ações.

Por outro lado, o Google possui uma equipe de curadores que produz as listas de música para cada ambiente e para atividade. Como as sugestões baseadas nessas informações deverão usar dados de GPS e do tempo, o Google Play Música deve pedir acesso a outros recursos dos celulares, como a localização e o app voltado ao acompanhamento climático.

Essa novidade vale para os sistemas iOS e Android em todos os 62 países em que o serviço de música por streaming funciona.  No Brasil, o uso limitado é gratuito, mas, caso os usuário queira uma experiência mais ampla, tem de pagar R$ 14,90 por mês.

Deixe uma resposta