Série ‘The Crown’ explora início do reinado da rainha britânica Elizabeth

Cena de 'The Crown', nova série do Netflix (Foto: Divulgação)Cena de ‘The Crown’, nova série do Netflix (Foto: Divulgação)

A jovem rainha Elizabeth ascendendo ao trono do Reino Unido é o foco da nova série do Netflix, “The Crown”, drama sobre a realeza que explora o início do reinado da rainha britânica há mais tempo no cargo.

A série chega ao serviço de streaming na segunda-feira (4). Situada no ano de 1947, a atração começa com o casamento de Elizabeth e Philip Mountbatten, antes de a princesa herdar a coroa aos 25 anos de idade devido à morte de seu pai, o rei George 6º.

A atriz britânica Claire Foy, que estrelou o drama “Wolf Hall” no ano passado, interpreta a monarca, e o ator Matt Smith, do seriado “Dr Who”, vive seu marido, o duque de Edimburgo.

“Acho que você já sabe quais são os limites e o que você tem que conseguir, de certa forma”, disse Claire à agência de notícias Reuters, explicando como encarou o papel intimidante. “Senti que tinha que fazer certas coisas direito para poder permitir que o lado mais criativo e interpretativo fosse realmente legítimo”.

O Netflix investiu em duas temporadas de “The Crown”, que foi escrita pelo roteirista do filme “A Rainha”, Peter Morgan. Sua equipe de pesquisadores recorreu a arquivos, biografias, minutas de gabinete e conversas que Morgan teve com pessoas ligadas à residência real para a série, que mistura acontecimentos reais com ficção para os momentos mais pessoais.

Os episódios abordam momentos essenciais, como a coroação da rainha, e tratam de seu relacionamento com o então primeiro-ministro Winston Churchill, encarnado por John Lithgow, de “3rd Rock from the Sun”, e do romance de sua irmã, princesa Margaret, com o camareiro de seu pai, Peter Townsend.

Deixe uma resposta