Austrália divulga imagens inéditas dos Beatles

Arquivo audiovisual da Austrália tornou públicas nesta terça-feira (26) imagens inéditas dos Beatles filmadas em 1965 (Foto: National Film And Sound Archive Of Australia / AFP)Arquivo audiovisual da Austrália tornou públicas nesta terça-feira (26) imagens inéditas dos Beatles filmadas em 1965 (Foto: National Film And Sound Archive Of Australia / AFP)

O arquivo audiovisual da Austrália tornou públicas nesta terça-feira (26) imagens inéditas dos Beatles filmadas em 1965, pouco antes de uma apresentação na televisão. Clique aqui para ver o vídeo.

A sequência de 49 segundos, em preto e branco e sem áudio, é “realmente excepcional”, afirmou o National Film And Sound Archive (NFSA).

As imagens foram feitas em 1º de novembro de 1965 em um camarim por Dawn Swane, um dançarino e maquiador que trabalhava na época para o canal Granada TV de Manchester (Reino Unido), que gravou o momento com uma câmera de 8 mm.

 

APLICATIVOS DO G1
Baixe de graça apps para Android e iOS

“Estava na sala de maquiagem e estávamos bebendo champanhe”, explica Swane, de 83 anos, em um comunicado da NFSA.

“Não se foi John (Lennon) ou Ringo (Starr), mas pegaram a câmera e disseram ‘este não é o jeito de usar uma câmera’, e começaram a balançar de cima para baixo. Todo mundo estava brincando”, recordou.

“Mas foi genial, quero dizer que eram boas pessoas, de verdade”, completou.

As imagens são parte de um conjunto doado ao Arquivo Nacional Australiano pela filha de Swane, Melinda Doring. Também há um momento do ator Michael Caine sentado na cadeira de maquiagem.

“Em nossa coleção de filmes caseiros não temos nada tão excepcional”, disse à AFP Tara Marynowsky, uma das coordenadoras do setor de conservação do NFSA.

“É incrível ter algo tão valioso, sobretudo porque Dawn Swane o guardou durante muito tempo. E muitos anos depois descobrimos isto e o tornamos disponível para o público”, completou.

Melinda Doring explicou que assistiu as imagens pela primeira vez quando era adolescente, mas que as descobriu novamente há quatro anos e percebeu que sofriam a chamada “síndrome do vinagre”, que provoca a deterioração do filme.

“Sabia que havia material suficiente para ser preservado e entendi que era o momento de chamar o Arquivo para estabilizá-lo e preservá-lo antes que se perdesse para sempre”, explicou à AFP.

Dawn Swane também conservou documentos do programa de televisão “The Music of Lennon & McCartney” com os autógrafos dos quatro Beatles, assim com do lendário compositor americano Henry Mancini.

Deixe uma resposta