Globo Play é lançado; conheça nova plataforma digital de vídeos da Globo

Carlos Henrique Schroder durante lançamento do Globo Play nesta segunda-feira (26) em São Paulo (Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)Carlos Henrique Schroder durante lançamento

do Globo Play nesta segunda-feira (26) em

São Paulo (Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)

Foi anunciado nesta segunda-feira (10) o Globo Play, nova plataforma digital de vídeos da Globo. A programação da emissora – jornalismo, esporte e entretenimento – poderá ser vista por meio do computador, de smartphones, tablets e, em breve, TV conectada. A partir do dia 3 de novembro, o aplicativo vai estar disponível para Android e Apple. Na mesma data, vai ao ar o site da plataforma.

O Globo Play oferece acesso gratuito a trechos de novelas, séries e minisséries, assim como a programas jornalísticos e telejornais esportivos. Já os assinantes terão acesso a íntegra de novelas, séries, programas de humor, câmeras exclusivas do BBB e acervo de programas jornalísticos, novelas, séries e minisséries. A assinatura custa R$ 12,90.

Participaram do lançamento, em São Paulo, Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da Globo; Erick Brêtas, diretor de Mídias Digitais; Raymundo Barros, diretor de Tecnologia; e Eduardo Becker, diretor de Comercialização de Mídias Digitais.

Brêtas destacou que “tudo o que é produzido pela TV Globo está no Globo Play”. “Obviamente, os filmes que não são da TV Globo não estão. Posso dizer que não teremos filmes e séries estrangeiras. Mas todo o resto, sim.”

De acordo com ele, futuramente o aplicativo também deve estar disponível em consoles de videogame. Com o Globo Play, a Globo começa ainda a distribuir conteúdo em 4K, com qualidade de imagem superior ao HD. Os dois primeiros títulos com a tecnologia disponíveis serão “Dupla identidade”, já exibido, e “Ligações perigosas”, minissérie prevista para janeiro de 2016.

A partir da esquerda: Raymundo Barros, diretor de Tecnologia; Erick Brêtas, diretor de Mídias Digitais; e Eduardo Becker, diretor de Comercialização de Mídias Digitais, no laçamento do Globo Play nesta segunda-feira (26) em São Paulo (Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)A partir da esquerda: Raymundo Barros, diretor de Tecnologia; Erick Brêtas, diretor de Mídias Digitais; e Eduardo Becker, diretor de Comercialização de Mídias Digitais, no laçamento do Globo Play nesta segunda-feira (26) em São Paulo (Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)

Programação ao vivo

Além disso, Brêtas explicou que o Globo Play oferece “simulcasting”, ou seja, a exibição simultânea da programação que está passando ao vivo na TV. “No começo, o ‘simulcasting’ vai estar disponível em São Paulo e no Rio”, disse.

A ideia é, no futuro, expandir isso a outras regiões do país, com cobertura das afiliadas da TV Globo. “Quem estiver com o Globo Play no Rio, por exemplo, vai ver o RJTV. Quem estiver em São Paulo, vai ver o SPTV. Você sempre vai ter a programação de acordo com a área em que se encontra.”

O Globo Play também tem opção “curtir” e compartilhar em redes sociais os vídeos, além de comentários.

Sobre o efeito da plataforma no consumo de banda larga, Brêtas afirmou: “Espero que as pessoas sejam muito moderadas, porque gasta mesmo. Se você assistir a dois jogos no 4G, dependendo do plano de dados, estoura sua cota para mês inteiro”. Por isso, recomendou o uso do wi-fi sempre que possível.

Globoplay é uma plataforma da Globo para assistir TV online (Foto: Reprodução/Globoplay)Cristiane Dias apresenta Globo Esporte em transmissão no Globo Play (Foto: Reprodução/Globoplay)

Como acessar o Globo Play

Para ter acesso ao Globo Play, o usuário precisa, depois de baixar o aplicativo para Android ou iPhone, fazer apenas o login no Globo.com. Não é necessário, portanto, ser assinante ou pagar qualquer valor. Basta fazer o cadastro.

“As íntegras que continuam fechadas a assinantes são novelas, séries e programas de humor, além das câmeras do ‘BBB'”, disse Brêtas.

“Outra evolução importante é que a sessão replay estrutura os nossos títulos de acervo. Estão disponíveis 86 títulos de acervo desde 2010. E também vamos começar a experimentar conteúdos ‘digital only’ [exclusivos para plataformas digitais]. Teremos o capítulo zero da novela ‘Totalmente demais’, que não será transmitido na TV.”

O exemplo de ‘Verdades secretas’

Ao apresentar o Globo Play, Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da Globo, citou que “99,6% dos domicílios brasileiros são atingindos pela TV”. “Esta forma de consumo, evidentemente, é insuperável na hora em que se vê futebol ao vivo, novela, reality.”

Mas ele lembrou também que “hoje temos 115 milhões de brasileiros com acesso à internet, no trabalho ou em casa”. Deste total, 38% têm acesso à banda larga, e 80 milhões, a smartphones.

“Em 2014, 34% da população assistiu a vídeos na internet. Um exemplo que acabou de ser vivido por todos nós foi ‘Verdades secretas’. Já é o maior consumo de mídia digital da história da Globo. Na TV aberta, foram 145 milhões de pessoas assistindo. Na internet, na mídia digital, foram 190 milhões de de plays de trechos ou capítulos assistidos.”

Globoplay é uma plataforma da Globo para assistir TV online (Foto: Reprodução/Globoplay)Globo Play é uma plataforma da Globo para assistir TV online (Foto: Reprodução/Globoplay)
Mais vistos no Globoplay, nova plataforma digital de vídeos da Globo (Foto: Reprodução/Globoplay)Mais vistos no Globo Play, nova plataforma digital de vídeos da Globo (Foto: Reprodução/Globoplay)
Seção de Replay do Globoplay, para assistir de novo a produções da Globo (Foto: Reprodução/Globoplay)Seção de Replay do Globo Play, para assistir de novo a produções da Globo (Foto: Reprodução/Globoplay)

Deixe uma resposta