Professor escapa de punição após se atrasar 111 vezes em 2 anos nos EUA

Apesar de ter se atrasado 111 vezes em dois anos em uma escola de Trenton, no estado de Nova Jérsei (EUA), o professor Arnold Anderson conseguiu manter seu cargo após ser ameaçado de demissão pela escola Roosevelt.

Professor Arnold Anderson se atrasou 111 vezes em dois anos (Foto: Reprodução/YouTube/CBS New York)Professor Arnold Anderson se atrasou 111 vezes em dois anos (Foto: Reprodução/YouTube/CBS New York)

Durante audiência na semana passada, Anderson alegou que se atrasou tantas vezes porque tem o costume de tomar café com calma pela manhã. “Eu tenho o mau hábito de tomar café na parte da manhã e perco a noção do tempo”, disse ele.

Apesar de negar a demissão de Anderson, o distrito escolar criticou a afirmação do professor que disse a qualidade de seu ensino superava seu atraso. Ele havia se atrasado 46 vezes no atual ano letivo e outras 65 vezes no ano letivo passado.

saiba mais

 

Deixe uma resposta