Morre no Rio o diretor de som de cinema Walter Goulart

O cineasta Walter Goulart morreu neste domingo (30), no Rio (Foto: Reprodução/Facebook)O diretor de som Walter Goulart morreu neste domingo (30), no Rio (Foto: Reprodução/Facebook)

O diretor de som cinematográfico Walter Goulart morreu neste domingo (30) no Rio de Janeiro. Há mais de 50 anos no cinema, Walter já trabalhou como, montador, sonoplasta, diretor de som, ator e cineasta. O velório de Walter será realizado na capela B do cemitério Jardim da Saudade de Sulacap, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio, e o sepultamento está marcado para as 13h30.

Goulart, que atualmente ensinava cinema na Faetec de Barra do Piraí, no Sul Fluminense. Era considerado como o pioneiro da captação e da engenharia do som no país. Destaque para seu trabalho sonoro nos filmes “O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro” (Glauber Rocha, 1969), “Pindorama” (Arnaldo Jabor, 1971), “São Bernardo” (Leon Hirszman, 1972), “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (Bruno Barreto, 1976), dentre muitos outros.

Ele passou por todos os setores técnicos e artísticos de uma produção audiovisual, tanto em cinema quanto na televisão e  dublagem.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 RJ ou por Whatsapp e Viber.

Deixe uma resposta