João Neto e Frederico cantam neste domingo na Festa do Morango do DF

João Neto & Frederico colocaram o público para dançar na abertura da 60ª Festa de Barretos (Foto: Érico Andrade/G1)A dupla sertaneja João Neto & Frederico (Foto: Érico Andrade/G1)

O primeiro fim de semana da 20ª Festa do Morango de Brasília termina neste domingo (30) com show da dupla sertaneja João Neto & Frederico. O evento até domingo (30) e de 4 a 7 de setembro na sede da Associação Rural e Cultural Alexandre de Gusmão, na entrada de Brazlândia.

saiba mais

Sem apoio do GDF, o evento tem cobrança de ingresso pela primeira vez em 14 anos. Quem for ao local do evento após as 18h paga R$ 10. Antes das 18h o acesso é gratuito. Os portões são abertos às 10 h e a arena para os shows, às 20 horas.

A programação musical tem diversos shows todas as noites. Entre as atrações estão nomes como Saia Rodada, Neto LX, João Lucas e Marcelo, Planta & Raiz, Maskavo, Ponto de Equilíbro, Lucas e Orelha e MC Gui.

A festa começou na sexta e já teve shows de Chiclete com Banana e Raça Negra. O evento tem ainda concursos de receitas e a eleição da Rainha do Morango. A expectativa é que o evento reúna cerca de 200 mil pessoas.

Exposição

Entre 4 e 7 de setembro, ocorre também dentro do evento a 26º Exposição Agrícola de Brazlândia, organizada pela Emater. A premiação do concurso de receitas será no primeiro domingo da festa.

Na feira de gastronomia, o público poderá apreciar tortas, geleias e licores de morango, entre outras variedades. São cerca de 40 bancas com 36 expositores, a maioria produtores familiares.

Pave de Morango Nosso Campo (Foto: Reprodução/ TV TEM)Pave de Morango (Foto: TV TEM/Reprodução)

‘Terra do morango’

A Festa do Morango de Brasília é organizada pela Associação Rural Cultural Alexandre de Gusmão (Argag), no Incra 6, área rural de Brazlândia, desde 1995. Segundo a organização, o evento é o maior acontecimento de agronegócios do Centro-Oeste.

Brazlândia é a 7ª cidade do país em produçãoda fruta. A região do DF é a maior produtora do Centro-Oeste. O cultivo rende 6 mil toneladas de morango por ano, em um total de R$ 30 milhões em negócios. Os 180 produtores geram cerca de 1,5 mil empregos.

Uma das atrações da festa é a “Morangolândia, praça de alimentação com barracas com morangos in natura e iguarias, com preços abaixo do valor de mercado. O cárdapio inclui tortas, pavês, geleias, gelatinas, compotas, sorvetes, morango no palito com cobertura de chocolate, bombons, mousses, rocamboles, licores e sucos.

Deixe uma resposta