Vendas de livros atingem primeiro resultado negativo de 2015

Os seis lviros para colorir mais vendidos de 2015 até aqui (Foto: Divulgação)Os seis lviros para colorir mais vendidos de 2015 até aqui (Foto: Divulgação)

As vendas de livros apresentaram seu primeiro resultado negativo em 2015, apesar de uma tendência de crescimento registrada desde janeiro. Entre os dias 13 de julho e 9 de agosto, o setor registrou queda de 5,5% em número de vendas e de 3,1% no faturamento em comparação ao mesmo período de 2014. Foram vendidos cerca de 2,87 milhões de livros, que somam quase R$ 100,5 bilhões.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (27) no 6º Painel de vendas de livros do Brasil, organizado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e o Instituto de Pesquisa Nielsen. Os números são tirados do Bookscan Brasil, sistema que apura a venda de livros nas principais livrarias e supermercados do país.

Mesmo com o resultado negativo, o ano até agora apresenta um crescimento de 6,61% no volume e de 6,05% no faturamento das vendas – a inflação do período foi de 9,5%. O faturamento das editoras, no entanto, caiu 0,13%.

Entre os gêneros mais vendidos no ano o destaque fica para o que o relatório chama de “não ficção trade”, responsáveis por 29,17% do faturamento. Segundo a pesquisa, o resultado pode ser explicado pelo “sucesso dos livros de colorir em 2015”. O gênero é seguido por “não ficção especialista” (25,41%), “infantil, juvenil e educacional” (23,28%) e “ficção” (22,15%).

Deixe uma resposta