‘Jabá’ chega ao mercado de streaming dos EUA, diz revista

 

A VEZ DO STREAMING
G1 mostra revolução da música online

O “jabá”, prática de pagamento para execução de músicas que era associado às rádios, chegou ao mercado de streaming dos EUA, segundo reportagem da revista norte-americana “Billboard”. A publicação diz que a inclusão de faixas em playlists populares nos serviços de música online pode ser negociada por até US$ 10 mil (cerca de R$ 35 mil).

Spotify e outras empresas de streaming negam à revista que participam do jabá, e dizem que tentam coibir esta prática. Mas como os próprios usuários podem criar suas listas de músicas, e algumas destas playlists se tornam muito populares, esta negociação pode fugir do controle das empresas, segundo a “Billboard”.

Conseguir entrar em uma playlist popular em algum serviço de streaming pode determinar o sucesso de uma canção. Algumas destas listas têm quase um milhão de seguidores. “Você consegue colocar uma música lá e se torna instantaneamente relevante – ao menos por uma semana”, comentou à revista Daniel Kruchkow, da empresa Crush Management.

Deixe uma resposta