Peça ‘Salina’ estreia nesta quinta no Cena Contemporânea, no DF

Cena do espetáculo "Salina", do grupo Amok Teatro, atração do festival Cena Contemporânea, em Brasília (Foto: Divulgação)Cena do espetáculo “Salina”, do grupo Amok Teatro, atração do festival Cena Contemporânea, em Brasília (Foto: Divulgação)

A peça “Salina (A última vértebra)” estreia nesta quinta-feira (20), na 16ª edição do Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília. A montagem produzida pelo grupo Amok Teatro, do Rio de Janeiro, é atração no Teatro Funarte Plínio Marcos, às 19h.

saiba mais

A programação continua com montagens da França, Geórgia, Polônia/Austrália e Portugal. A peça “Quarteto”, do Teatro Nu, da Bahia, volta a ser encenada no Sesc Garagem, na Asa Sul, às 21h. A grade de apresentações completa do festival pode ser vista na página do Cena Contemporânea na internet.

Peças internacionais

As montagens produzidas fora do país em cartaz nesta quinta são “D’eux #2”  e “Gravité”, no Teatro da Caixa, “2+2=2”, no Teatro Sesc Paulo Gracindo, no Gama, “The mother”, no Teatro Goldoni, e “Casaverde”, no Teatro Dulcina.

O francês Fabrice Lambert apresenta “D’eux #2”  e ‘Gravité’ a partir das 21h. Parceria entre o Akhmeteli Theatre, de Tbilisi, capital da Geórgia, e o ator e diretor Rodrigo Fischer, de Brasília, “2+2=2” é encenada às 20h.

Cena de "Quarteto", do Teatro Nu, da Bahia; peça é atração no Cena Contemporânea, no DF (Foto: Leonardo Pastor/Divulgação)Cena de “Quarteto”, do Teatro Nu

(Foto: Leonardo Pastor/Divulgação)

“The mother”, do Kroka Theatre, da Austrália, é encenada às 19h. O monólogo é dirigido e interpretado pela atriz Jolanta Juszkiewikcz, uma das mais consagradas artistas olonesas.

O monólogo Casaverde, da Cia de Teatro O Bando, de Portugal, é inspirada em “O alienista”, de Machado de Assis, e aborda temas como loucura, política, megalomania e tentativas de controle.

Ao todo, a mostra oferece 27 espetáculos cênicos, sendo nove internacionais, nove de seis estados brasileiros e outros nove produzidos no Distrito Federal. O evento acontece até 30 de agosto. As peças exibidas em Ceilândia, Gama, Taguatinga, Vila Telebrasília e no Jardim Botânico têm entrada franca. Os ingressos no Plano Piloto custam R$ 15 (meia). No Teatro da Caixa, as apresentações custam R$ 10 (meia).

O festival apresenta produções teatrais de Portugal, Espanha, Polônia, Austrália, Geórgia, Argentina, França e Alemanha. Entre as produções nacionais, há montagens do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Norte, Bahia, Tocantins e DF.

Cena de "Casaver", atração do festival Cena Contemporânea, que acontece em Brasília (Foto: Divulgação)Cena de “Casaverde”, atração do festival Cena Contemporânea, que acontece em Brasília (Foto: Divulgação)

Os programas do festival acontecem no Museu da República, Espaço Funarte, teatros da Caixa, da Escola de Música de Brasília, Goldoni e Dulcina, Espaço Pé Direito da Vila Telebrasília, Espaço Usina, Centro Comunitário Zilda Arns, e unidades do Sesc na Asa Sul, Taguatinga, Ceilândia e Gama.

A edição de 2015 comemora os 20 anos de festival. O primeiro evento aconteceu em 25 de agosto de 1995, por iniciativa do ator, diretor e empreendedor cultural Guilherme Reis. O intuito original era provocar a cena teatral da capital. Nas 15 edições anteriores, o festival recebeu espetáculos de 30 países.

Integrantes da Akhmeteli Band, da Geórgia, atração musical do festival Cena Contemporânea (Foto: Divulgação)Akhmeteli Band, da Geórgia (Foto: Divulgação)

Mais atrações

A programação oferece também oficinas teatrais, debates com os diretores e artistas e shows musicais. Nesta edição participam a cantora Céu, a banda Akhmeteli Band (vinda da Geórgia), Muntchako, Emília Monteiro + Félix Robatto, Nu – Ligiana Costa e Edson Secco e diversos DJs do DF.

Outra atração musical é o projeto Dê um Rolê – que reúne os músicos Curumin, Márcia Castro e Anelis Assumpção. Acompanhados por Saulo Duarte (guitarra), Webster Santos (violão, bandolim e guitarra), Klaus Sena (baixo) e Michelle Abu (percussão), eles se revezam no palco apresentando versões de clássicos dos Novos Baianos, como “Mistério do planeta”, “Preta pretinha”, “Besta é tu” e “Acabou Chorare”, passando por faixas experimentais, como “Barra Lúcifer” e “Colégio de aplicação”.

A partir do dia 28, a programação reserva espaço também para o Cerrado Jazz Festival, na área externa do Museu Nacional da República. Entre as atrações estão Laurent de Wilde Trio (França), Trio Corrente (SP), Carlos Malta Quarteto (PE), Rosa Passos (BA/DF). Participam também músicos de Brasília, como Alex Queiroz, Pedro Martins e Junior Ferreira e Victor Angeleas.

Cena Contemporânea – Festival Internacional de Teatro de Brasília

De 18 a 30 de agosto

Locais:

Teatro Funarte Plínio Marcos

Caixa Cultural

Teatro Goldoni

Teatro Sesc Garagem

Teatro Sesc Paulo Gracindo – Gama

Teatro Sesc Newton Rossi – Ceilândia

Teatro Sesc Paulo Autran – Taguatinga

Espaço Pé Direito – Vila Telebrasília

Museu Nacional

Preços: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) – todos os teatros do Plano Piloto, exceto o Teatro da Caixa, que é R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Nas outras regiões: entrada franca.

Pontos de venda

Asa Norte

Brasília Shopping – Central de ingresso.

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 14h às 20h.

Sem taxa de conveniência.

Asa Sul

Red Gold – SRTVS, quadra 701, conjunto D, bloco C, loja 180, Centro Empresarial Brasília, Brasília Design Center – Asa Sul.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 18h.

Sujeito a taxa de conveniência de 18% sobre o valor do ingresso.

Guará

FNAC: Park Shopping – SAI/SO Área 6580 LUC 149P – Guará.

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 10h às 20h; domingo e feriado, das 13h às 19h.

Sujeito a taxa de conveniência de 18% sobre o valor do ingresso.

Taguatinga Norte

Casa do Cowboy: quadra QNA 16, lote 2 – Taguatinga Norte.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 18h.

Sujeito a taxa de conveniência de 18% sobre o valor do ingresso.

Taguatinga Centro

Império Ink Tatoo: Setor Hoteleiro, projeção E, loja 4 – Taguatinga Centro

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 9h às 18h

Sujeito a taxa de conveniência de 18% sobre o valor do ingresso

Formas de pagemento

Em dinheiro ou cartões (Amex, Aura, Credicard, Diners, Hipercard, Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron).

Vendas pela interntet

www.ingressorapido.com.br

– Sujeito a taxa de conveniência de 18% sobre o valor do ingresso.

Vendas por telefone

4003-1212

Deixe uma resposta