Caitlyn Jenner pode ser acusada de homicídio culposo por acidente

Caitlyn Jenner se emociona ao receber o prêmio Arthur Ashe Award por sua coragem no ESPY Awards, em Los Angeles (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)Caitlyn Jenner se emociona ao receber prêmio em

Los Angeles (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)

Caitlyn Jenner pode ser acusada de homicídio culposo pelo acidente em que esteve envolvida no começo do ano, em Malibu, e que deixou um morto, anunciou nesta quinta-feira (20) a polícia de Los Angeles.

“Concluímos a investigação e na próxima semana apresentaremos o caso ao promotor do distrito”, explicou o tenente Patrick Mathers.

Jenner provocou um acidente em cadeia em 7 de fevereiro na rodovia que margeia a costa da Califórnia na altura de Malibu, ao norte de Los Angeles, ao bater no carro da frente.

Segundo as autoridades, ela dirigia a uma velocidade pouco prudente, apesar de estar dentro dos limites, levando em conta as condições que a via apresentava naquele dia.

O advogado de Jenner, Philip Boesch, declarou há um mês que confiava em que as imagens captadas por uma câmera próxima demonstrariam que a colisão “foi simplesmente um trágico acidente”.

Jenner, que estreou sua nova identidade feminina em junho, após viver 65 anos como o ex-atleta de decatlon Bruce Jenner, não quis comentar sobre a reviravolta que o caso pode sofrer.

Deixe uma resposta