Emile Hirsch se declara culpado por agressão e será preso por 15 dias

O ator Emile Hirsch comparece ao tribunal de Utah nesta segunda (16) (Foto: AP Photo/Rick Bowmer, Pool)O ator Emile Hirsch no tribunal em março (Foto: AP Photo/Rick Bowmer, Pool)

Emile Hirsch se declarou culpado nesta segunda-feira (17) pela acusação de agredir uma executiva dos estúdios Paramount durante o festival de Sundance, em janeiro. Segundo a agência Associated Press, o ator passará 15 dias na cadeia, pagará uma multa de US$ 4.750 (cerca de R$ 16,5 mil) e terá de cumprir 50 horas de serviço comunitário. Por ter se declarado culpado, a acusação será apagada de seu histórico criminal após o pagamento da pena.

saiba mais

Hirsch foi acusado em fevereiro de ter sufocado e nocauteado Daniele Bernfeld em uma boate em Park City, nos EUA, durante o festival de cinema de Sundance, no dia 25 de janeiro. A agressão foi julgada como um delito leve.

O ator de “Na natureza selvagem” (2007) bebia na noite do ataque e afirma não se lembrar do ocorrido. Ele entrou em uma clínica de reabilitação logo após ser acusado.

“Eu sei que foi completamente errado e imprudente e irresponsável”, disse o ator no tribunal. “Nao tenho desculpas para não lembrar. Eu mesmo coloquei aquelas substâncias químicas dentro de mim.”

Através de seu advogado, Bernfeld afirma que “a punição não foi adequada ao crime”. “Se um ataque violento em uma sala cheia de testemunhas pode ser rotulada como um delito leve, o que será de mulheres que são atacadas sozinhas em corredores e banheiros, ou atrás das portas fechadas de suas próprias casa”, afirmou a executiva.

Deixe uma resposta