‘Game of thrones’ e One Direction inspiram nomes de bebês britânicos

Emilia Clarke como Daenerys Targaryen na quinta temporada de 'Game of thrones' (Foto: Divulgação)Emilia Clarke como Daenerys Targaryen na quinta temporada de ‘Game of thrones’ (Foto: Divulgação)

Personagens das séries “Game of thrones” e “Downton Abbey”, do filme “Frozen”, além dos mutantes de X-Men e dos integrantes do One Direction, têm inspirado os britânicos na hora de batizar seus bebês.

Nesta segunda-feira (17), o Office for National Statistcs, equivalente ao IBGE do Reino Unido, divulgou quais os nomes mais populares por lá. E há uma lista específica para aqueles derivados da cultura pop e do mundo das celebridades.

Veja, abaixo, as dez tendêcias:

1. ‘Game of thrones’ inspira nomes de meninas: Khaleesi, Daenerys etc.

A personagem da série “Game of thrones” que, até hoje, mais inspirou nomes de garotas foi Arya: em 2014, nada menos que 244 bebês foram registradas assim. Na sequência, vieram Khaleesi (53 bebês), Daenerys (nove bebês) e Sansa (seis bebês). A novidade do ano foi Brienne – quatro garotinhas ganharam este nome.

2. …E de meninos: Theon, Tyrion…

O Office for National Statistcs brinca que, assim como na séie, os Starks, Lannisters e Greyjoys “brigam” pela popularidade. O nome masculino de “Game of thrones” mais usado para batizar os bebês em 2014 foi Theon (18 registros), seguido por Tyrion (17 bebês), Bran (quatro bebês) e Sandor (quatro bebês; novidade do ano). Não por acaso, as inspirações passaram a ser mais recorrentes a partir de 2011, com a estreia da primeira temporada.

3. ‘Frozen: Uma aventura congelante’: Elsa, Anna, Kristoff e Olaf

Elsa e Anna sempre foram comuns no Reino Unido, de acordo com o órgão responsável pela lista. Mas a estreia em dezembro de 2013 da animação “Frozen: Uma aventura congelante”, protagonizada por princesas com esses nomes, aumentou especificamente a inicidência de bebês Elsas. Em 2014, 537 bebês ganharam este nome. Já Anna, apesar de mais popular, com 804 bebês, não registrou crescimento. Além disso personagens masculinos de “Frozen” renderam nomes. Neste ano, foram contabilizados três Kristoffs e 52 Olafs. Kristoff, aliás, apareceu pela primeira vez no ranking.

4. Estrelas da música pop: Rita [Ora], Drake, [Iggy] Azalea

Um efeito colateral do lançamento de um disco por um astro da música pop tem como efeito colateral uma onda de nomes inspirados pelo artista. A lista destaca que Rita Ora lançou seu primeiro álbum, “Ora” em 2012, desencadeou uma onda de Ritinhas  (em 2014 foram 65 bebês  Rita). O mesmo havia ocorrido com Drake em 2010, quando saiu “Thak me later”. No último ano, foram 33 Drakinhos. A novidade do ano foram as 30 Azaleazinhas, inspiradas por Iggy Azalea, que lançou o CD “The new classic” em 2014.

5. One Direction: Harry, Niall, Louis, Liam, Zayn

Harry Styles é, de fato, o mais popular integrante da boyband britânica One Direction. Ao menos se levarmos em conta o número de pequenos Harry batizados em homenagem ao cantor. Em 2014, foram 5.379 bebês Harry no Reino Unido, e o Office for National Statistics credita isso ao astro. Os demais rapazes do grupo vêm bem atrás: Louis (999 bebês), Liam (902 bebês), Niall (155 bebês) e Zayn (231 bebês). Zayn, que saiu do One Direction em 2015, rendeu um fenômeno particular. Em 2014, o número de Zaynzinhos aumento quase oito vezes em comparação a 2010.

6. X-Men: Logan

De todos os mutantes do quadrinhos da Marvel, Logan (a identidade civil de Wolverine) é o mais lembrado pelos pais na hora de escolher os nomes de seus bebês. Em 2014, foram registrados 2.813 pequenos Logans no Reino Unido. A ocorrência tem aumentado desde 2000, quando foi lançamento o primeiro “X-Men” nos cinemas. O levantamento não lista qualquer Wolverine.

7. Futebol: Messi, [Cristano] Ronaldo, Neymar e Luis [Suárez]

Ronaldo, segundo nome do jogador de futebol português Cristiano Ronaldo, fez pouco sucesso no Reino Unido em 2014 (11 bebês) em comparação ao auge em 2007 (mais de 20 bebês). Sintomaticamente, o atleta ganhou, naquele ano, seu primeiro título da Liga Inglesa com o Manchester United. Com o argentino Lionel Messi, foi parecido. No ano passado, foram quebro bebês Messi – o auge do craque foi 2009. A Copa do Mundo do Brasil no ano passado também influenciou na lista: em 2014, foram registrados oito Neymares e 134 Luiz, mesmo nome do uruguaio Luiz Suárez.

8. As Kardashians: Khloe, Kendall, Kourtney e Kim

A família Kardashian, estrela de um popular reality show na TV americana, parece ter provocado uma onda de inspiração na Grã-Bretanha. Em 2014, foram 106 bebês Khloe, 80 bebês Kendall, 35 bebês Kourtney e 19 bebês Kim por lá.

9. ‘Downton Abbey’: Edith, Cora, Violet, Rose

A hipótese do “IBGE britânico” é que nomes considerados clássicos no Reino Unido tiveram uma espécie de revival após a estreia da série “Downton Abbey”, que se passa entre o final do século XIX e início do século XX. O texto do órgão que divulga a lista informa que nomes ‘antigos” voltaram à moda a partir de 2004, mas a estreia de “Downton Abbey”, em 2010, reforçou a tendência. No ano passado, foram 990 Roses, 754 Violets, 456 Ediths e 206 Coras.

10. Astros de Hollywood: Scarlett, Mila, Jonah, Benedict, Reese, Channing

Estrelas do cinema são, usualmente, fonte de inspiração dos pais na hora de batizar os filhos. Mas, no Reino Unido, há tendências recentes. Uma delas parece ser Channing, que não aparecia no ranking de nomes até 2009, e ganhou espaço após a estreia de “Anjos da lei”, estrelado pelo ator americano Channing Tatum. No ano passado, foram 9 bebês Channing. Quem também melhorou no histórico nos últimos anos foi Mila, mais popular após a estreia de “Cisne Negro”, com Mila Kunis, em 2010. No ano passado, foram 533 Milas.

Outros destaques de 2014 foram Scarlett (2.359 bebês), Jonah [Hill] (373 bebês), Benedict [Cumberbatch] (132 bebês) e Reese [Whiterspoon] (13 bebês).

Deixe uma resposta