Banda ‘Vaga-Lumes’ faz rock psicodélico no Brasília Independente

Última banda a ter o clipe exibido no Brasília Independente de 2015, a banda Vaga-Lumes no Vazio da Noite de Vênus apresenta a música “Quando o inverno voltar”. O quadro do DFTV e do G1 que abre espaço para músicos independentes de Brasília mostrarem trabalhos autorais.

saiba mais

A banda completa 10 anos em 2015 e incrementou a formação para a gravação do primeiro CD, previsto para chegar ao mercado no primeiro semestre de 2016. Formado originalmente pelo guitarrista Rairy de Carvalho, o vocalista Cleiton Fernandes, o violonista Saulo Moscardini e o gaitista e vocalista Anibal Alexandres, o grupo conta também com os músicos Paulo Thirso (teclados), Romelio Lustoza (teclados), André Costa (bateria) e Leandro Godoi (baixista).

Uma das propostas deles é colocar poesia no som psicodélico. O nome da banda foi tirado durante o momento de criação para um poema. “Nessas elucubrações, em uma de nossas poesias, saiu este nome. A gente estava flutuando na atmosfera da criação poética e surgiu a ideia. Vênus é um planeta que remete à individualidade, à peculiaridade, a uma coisa única. ‘Vaga-lumes’ é a ideia de luzes que vagam pelo espaço”, afirma Rairy de Carvalho, que também é o produtor da banda.

Nessas elucubrações, em uma de nossas poesias, saiu este nome. A gente estava flutuando na atmosfera da criação poética e surgiu a ideia. Vênus é um planeta que remete à individualidade, à peculiaridade, a uma coisa única. ‘Vaga-lumes’ é a ideia de luzes que vagam pelo espaço”
Rairy de Carvalho, guitarrista da banda Vaga-Lumes no Vazio da Noite de Vênus

Entre as influências, os músicos apontam nomes do rock setentista, em especial dos artistas que fizeram rock psicodélico. Carvalho cita Clube da Esquina, Secos & Molhados, Belchior, Mutantes, Pink Floyd, Syd Barret e Led Zeppelin.

Com o CD em fase de pré-produção, os Vaga-lumes já lançaram dois EPs, com cinco músicas próprias no total. Eles também já gravaram três videoclipes. O trabalho previsto para 2016 deve conter 10 faixas.

“A gente quer levar o trabalho para o maior público possível. A gente não tem a ilusão de que tudo vai ser compreendido porque há muitas coisas experimentais, psicodelia. As músicas têm uma ligação entre si, é uma coisa una. Queremos que seja visto pela totalidade.”

Escolhidos

Um corpo de jurados formado pelo maestro da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, Cláudio Cohen, o vocalista e guitarrista do Plebe Rude Philippe Seabra, a cantora Dhi Ribeiro, a dupla Pedro Paulo & Matheus, o violonista Roberto Corrêa e o DJ Raffa escolheu as dez bandas finalistas da 6ª edição do Brasília Independente. Este mesmo júri vai avaliar os clipes dos finalistas e vai escolher a melhor música e a melhor perfomance.

O quadro manteve também a premiação de acordo com a escolha do público. Os dez artistas selecionados para a etapa final vão passar por uma enquete popular na página do G1.

O Brasília Independente é realizado desde 2011. Ao longo de cinco edições, 54 bandas do DF e Entorno já exibiram seus trabalhos no quadro. As inscrições para a sexta edição foram abertas entre 27 de abril e 10 de maio. A exibição dos clipes com os participantes tem início em 6 de junho.

Nas cinco edições do quadro, grupos de rock, samba, MPB, rap, pagode, gospel e sertanejo já foram atrações. Em 2011, a vencedora foi a banda Levitas Reggae, do Guará. Como era o lançamento do projeto, o prêmio foi um videoclipe.

Na segunda edição, a campeã foi a banda Dezesseis Quinze, de rap gospel. Além da reportagem como prêmio, eles foram convidados para  se apresentar na edição de Brasília do “Festival Promessas” de música gospel.

A terceira etapa do projeto teve como vencedora a banda de samba Kipekado. Em 2013, o grupo vencedor foi o trio de rock’n’roll Saurios, de Taguatinga. Na última edição, em 2014, quem levou o prêmio foi a banda Sapiens.

Finalistas da 6ª edição do Brasília Independente (por ordem alfabética)

1 – Calvet

2 – DNP

3 – Grupo Sem Distinção

4 – Heavenly King

5 – Inside

6 – Mauricio e Vinicio

7 – Pontocom

8 – Rocan

9 – Terra Prometida

10 – Vaga-Lumes no Vazio da Noite de Vênus

Deixe uma resposta