‘Que horas ela volta?’ é estrelado por Regina Casé; assista a cena do filme

O premiado “Que horas ela volta?”, que em fevereiro rendeu a Regina Casé o prêmio especial do júri de melhor atriz em filme estrangeiro no Festival de Sundance, nos Estados Unidos, estreia em 27 de agosto. Dirigido por Anna Muylaert (“Durval discos” e “É proibido fumar”), o longa mistura drama social e comédia de costumes.

Assista, acima, a uma cena de ‘Que horas ela volta?’.

saiba mais

O material de divulgação destaca que o filme mostra “diversas questões do Brasil contemporâneo através de uma história de amor materno”. A protagonista da história é Val, interpretada por Regina.

Ela é uma mulher que sai do interior de Pernambuco, onde deixa a filha pequena, Jéssica, para tentar a vida em São Paulo. No novo endereço, passa a trabalhar como babá de Fabinho, vivido na Na adolescência, por Michel Joelsas (“O ano em que meus pais saíram de férias”, “Malhação”).

O drama de Val é que ela sente culpa por ter deixado Jéssica para trás. O reencontro acontece quando a garota resolve encontrar a mãe para poder estudar num lugar que daria, supostamente, melhores condições de aprendizado. “Esse reencontro fará com que Val precise encontrar um novo equilíbrio na sua vida”, descreve a sinopse.

A jovem Camila Márdila, que faz o papel de Jéssica, dividiu o prêmio em Sundance com Regina.

“Que horas ela volta?” já se destacou em outros eventos além do americano. Na edição deste ano do Festival de Berlim, ganhou o prêmio de melhor filme da Mostra Panorama e o prêmio CICAE Art Cinema, da International Confederation of Art House Cinema, júri independente do festival.

O filme já foi vendido para mais de 20 países, entre eles França, Itália, Espanha, Alemanha, Reino Unido, Taiwan, Canadá e Portugal. A produtora informa que, na Itália, “Que horas ela volta?” chegou à oitava posição entre os mais vistos depois de estrear no começo de junho em 70 cidades.

Regina Casé em 'Que horas ela volta?' (Foto: Divulgação)Regina Casé em ‘Que horas ela volta?’ (Foto: Divulgação)

 

Deixe uma resposta