Família de José Rico projeta museu e hotel temáticos no ‘castelo’ do cantor

'Castelo' de 100 quartos deixado inacabado pelo sertanejo José Rico em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo)‘Castelo’ de 100 quartos deixado por José Rico será museu e hotel em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo)

A família do cantor José Rico, da dupla com Milionário e que morreu em março deste ano aos 68 anos, já sabe o que fazer com o “castelo” de aproximadamente 100 quartos deixado pelo músico. O local, que está em construção e fica às margens da Rodovia Anhanguera (SP-330), em Limeira (SP), deverá reunir um museu para contar a história dos cantores e um hotel temático. A informação foi confirmada na segunda-feira (10) pela assessoria de imprensa dos sertanejos.

Escadaria dentro do 'castelo' de 100 quartos deixado inacabado pelo cantor José Rico em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo)Escadaria dentro do ‘castelo’ deixado pelo

cantor José Rico(Foto: Reprodução/TV Globo)

Apesar do desejo de construir um museu para eternizar a história da dupla e um hotel, a família de José Rico ainda aguarda o inventário de todos os bens do cantor para conseguir dar andamento ao projeto. A ideia da construção do complexo é da viúva do músico, Berenice Martins, mas os familiares ainda não sabem se o castelo ficará sob responsabilidade dela.

“A família com certeza tem a intenção de construir um museu junto com o hotel, inclusive já temos o nome, vai se chamar José Rico, mas nós não temos certeza se isso irá de fato acontecer porque temos que esperar o inventário para saber com qual parte da família vai ficar o castelo. Se ficar com a Berenice, com certeza daremos andamento ao projeto”, afirmou Rose de Camargo Neves, cunhada de José Rico.

Projeto

Segundo a assessoria de imprensa da dupla, o projeto gráfico de como vai ficar o complexo do hotel e do museu está em fase de elaboração e será finalizado em 30 dias. As obras do imóvel, que começaram há 24 anos, estão paradas desde a morte do cantor e devem ser retomadas depois que a nova planta da obra for definida.

José Rico com Michel Teló no quadro 'Bem Sertanejo', do Fantástico, em outubro de 2014 (Foto: Reprodução/TV Globo)Cantor com Michel Teló no quadro Bem Sertanejo,

do Fantástico (Foto: Reprodução/TV Globo)

Após a definição do projeto, a família e a produtora do cantor vão procurar empresas ligadas à rede hoteleira que estejam dispostas a implantar o complexo no local. A assessoria de José Rico não deu detalhes sobre o hotel, mas informou que o museu contará com roupas, discos, fotos e objetos pessoais que sempre ficaram guardados com os familiares. A construção não tem prazo para ser finalizada.

Na época da morte do cantor, a Prefeitura de Limeira informou que o “castelo” estava irregular porque não recebeu autorização para ser construído e nem obedece a legislação sobre uso do solo. Na segunda-feira (10), o Executivo informou que não sabe a atual situação do imóvel e que está “levantando a situação”.

Castelo

Em entrevista ao cantor Michel Teló para o Fantástico, em outubro do ano passado, José Rico disse que pretendia montar um estúdio no castelo, mas que também tinha a intenção de fazer do lugar um recanto para a família. (clique aqui e assista)

saiba mais

“Ali é meu mundo. Estou construindo para mim e para os meus”, afirmou na ocasião. O parceiro de Milionário desmentiu, na época, que a mansão foi feita porque uma cigana disse que ele jamais poderia parar de construir sua própria casa. “São lendas”, disse.

O sertanejo compôs uma canção chamada “Castelo”, que integra o álbum “De cara com a Saudade”, lançado em 1996, época em que a construção já havia começado. A letra diz: “Construí um castelo bonito para dar de presente à pessoa amada”. Os versos da música ainda falam que o amor é tudo o que se tem na vida. “Para viver sem ela [a pessoa amada], tudo isso é nada.”

Área externa do 'castelo' deixado por José Rico em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo)Museu em castelo deixado por José Rico contará a história da dupla em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo)

Perda

José Alves dos Santos, de nome artístico José Rico, nasceu em São José do Belmonte (PE), em 20 de junho de 1946. O sertanejo morreu aos 68 anos na tarde de 3 de março deste ano, em Americana (SP). Segundo o boletim médico, José Rico teve insuficiência do miocárdio, seguida de parada cardíaca. Ele era casado com Berenice Martins Alves dos Santos e deixou dois filhos gêmeos, Samy e Sara, além de uma filha que teve no primeiro casamento.

Ao menos 16 mil pessoas foram ao velório de José Rico na Câmara de Vereadores de Americana. Na fila para ver o caixão, os admiradores cantavam as músicas que marcaram a vida da dupla Milionário & José Rico.

O corpo do músico foi levado na manhã do dia 4 para o Cemitério da Saudade do município em um carro do Corpo de Bombeiros. O cortejo passou por algumas ruas da cidade para que os fãs pudessem se despedir. José Rico foi enterrado ao som da música “Estrada da Vida”, o que comoveu os presentes.

Obra de 'castelo' com 100 quartos de José Rico ficou inacabada em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo)Obra de ‘castelo’ com 100 quartos de José Rico ficou inacabada em Limeira (Foto: Reprodução/TV Globo)

 

 

Deixe uma resposta