Fãs de ficção científica revivem o universo de Julio Verne em convenção

 Fãs de ficção científica ambientada no século XIX vão se reunir neste sábado (8 e domingo (9) em Paranapiacaba, vila inglesa de Santo André. Eles vão participar da segunda edição do Steamcon, que é a convenção de praticantes do movimento artístico inspirado na literatura de Júlio Verne. Eles recriam histórias misturando tecnologias de várias épocas em uma só (veja o vídeo acima).

“O steampunk surge da literatura, olha para o passado e se pergunta onde a gente estaria de a gente tivesse computadores, locomotivas que flutuam e máquinas do tempo e outros tipos de tecnologia no século XIX. Afinal de contas, o retrofuturismo como é o cyberpunk, fala da história alternativa. O cyberpunk, por exemplo, olha para o futuro e fala para onde a gente vai, qual o impacto da tecnologia na sociedade”, disse Raul Cândido, organizador do evento.

O cenário da vila inglesa é considerado por eles o ideal porque foi construída em 1.867 e é considerada uma referência arquitetônica em estilo vitoriano. As casas da região foram levantadas durante a ocupação inglesa na Serra do Mar para a construção da estrada de ferro Santos-Jundiaí.

Grupo de veste com roupas do século XIX para participar de evento de steampunk em Paranapiacaba (Foto: Glauco Araújo/G1)Grupo de veste com roupas do século XIX para participar de evento de steampunk em Paranapiacaba (Foto: Glauco Araújo/G1)

Paranapiacaba é tombada pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo). Os trilhos da ferrovia e o Museu Funicular servem de ambientação para os adeptos do Steampunk.

saiba mais

“A inspiração para o estilo Steampunk vem das vestimentas vitorianas, os espartilhos para dar silhueta de ampulheta e as anáguas para dar volume ao quadril, os tecidos são escolhidos com cuidado. Mas também tem outras inspirações, por exemplo, a partir de 1910 é o dieselpunk, que predomina a tecnologia do diesel e não o vapor. O retrofuturismo é bem aberto”, afirmou a modelo Gi Pausa Dramática.

O evento terá palestras, atividades interativas, workshops de customização, oficinas de desenho, Live Action Role Playing (jogo vivenciado pelos participantes), shows temáticos, animes e exposições. “O evento é inspirado em Júlio Verne, teremos lançamentos de livros. Serão 24 horas de atividades no que chamamos de imersão cultural”, disse Adriana Cabral, revisora e organizadora do Steamcon.

Grupo interpreta personagens de ficção científica ambientada no século XIX (Foto: Glauco Araújo/G1)Grupo interpreta personagens de ficção científica ambientada no século XIX (Foto: Glauco Araújo/G1)
Jesse Reeves vai participar de convenção de steampunk em Paranapiacaba (Foto: Glauco Araújo/G1)Jesse Reeves vai participar de convenção de steampunk em Paranapiacaba (Foto: Glauco Araújo/G1)
Gi Pausa Dramática interpreta personagem no estilo steampunk em Paranapiacaba (Foto: Glauco Araújo/G1)Gi Pausa Dramática interpreta personagem no estilo steampunk em Paranapiacaba (Foto: Glauco Araújo/G1)

Deixe uma resposta