Man Booker Prize divulga livros ‘semifinalistas’; americanos dominam

Longlist do Man Booker Prize 2015; autores americanos dominam, com cinco semifinalistas (Foto: Divulgação)Longlist do Man Booker Prize 2015; autores americanos dominam, com cinco semifinalistas (Foto: Divulgação)

A organização do Man Booker Prize, considerado o principal prêmio da literatura britânica, anunciou nesta quarta-feira (29) a lista dos 13 semifinalistas de sua edição 2015 (veja abaixo). Os seis finalistas, que levam 2,5 mil libras, vão ser divulgados apenas em 15 de setembro. O ganhador, que leva 50 mil libras, será conhecido em 13 de outubro.

saiba mais

No ano passado, pela primeira vez puderam concorrer ao Booker Prize autores de qualquer lugar do mundo, desde que com livros escritos originalmente em inglês e publicados no Reino Unido.

Antes, só participaram escritores do Reino Unido, dos países da Comunidade Britânica, da Irlanda e do Zimbábue. Com a nova regra, americanos, por exemplo, entraram na disputa. E eles são a maioria dentre os semifinalistas de 2015 (longlist ou Man Booker Dozen, no termo original).

As americanas Ann Tyler e Marilyanne Robinson são alguns dos destaques deste ano. Conterrâneo delas, o agente literário Bill Clegg também foi lembrado, pelo seu romance de estreia, “Did you ever have a family”. Clegg ficou famoso por seu livro autobiográfico “Memórias de um viciado quando jovem”, em que fala da dependência de cocaína, crack e álcool.

“É incrível a variedade de diferentes perfomances e fomas desses romances”, disse, em nota no site oficial do Man Booker Prize, o presidente do júri, Michael Wood. “Todos eles fazem algo excitante com a linguagem que escolheram usar.”

Dentre os semifinalistas, estão a irlandesa Anne Enright, três representantes do Reino Unido, uma da Nova Zelândia, uma da Índia, um da Nigéria e, pela primeira vez, um da Jamaica (Marlon James, que vive em Minneapolis, EUA) e uma do Marrocos (com Laila Lalami, que vive Santa Monica, também nos EUA).

Veja, abaixo, a lista dos semifinalistas do Man Booker Prize 2015:

“Did you ever have a family”, Bill Clegg (Estados Unidos)

“The green road”, Anne Enright (Irlanda)

“A brief history of seven killings”, Marlon James (Jamaica)

“The moor’s account”, Laila Lalami (Estados Unidos)

“Satin Island”, Tom McCarthy (Reino Unido)

“The fishermen”, Chigozie Obioma (Nigéria)

“The illuminations”, Andrew O’Hagan (Reino Unido)

“Lila”, Marilynne Robinson (Estados Unidos)

“Sleeping on Jupiter”, Anuradha Roy (Índia)

“The year of the runaways”, Sunjeev Sahota (Reino Unido)

“The Chimes”, Anna Smaill (Nova Zelândia)

“A spool of blue thread”, Anne Tyler (Estados Unidos)

“A little life”, Hanya Yanagihara (Estados Unidos)

Deixe uma resposta